• Daniel Lança Perdigão

Ver. Aprender. Inovar. – See. Learn. Innovate.®

Este é o mantra, ou lema, da UpSideUp. Qualquer pessoa percebe de imediato, quando contacta connosco, que a inovação é o foco da nossa atividade.


Para nós o estímulo à inovação é, sem dúvida, aquele que mais valorizamos, em especial porque é uma excelente forma de distinguir, pela positiva, pessoas com a mesma formação académica.

Fala-se, mas nem sempre se pratica!

É muito recorrente estarmos a fazer uma apresentação, a dar uma formação ou a fazer um serviço de consultoria e, entre os participantes, surgir a pergunta sobre qual a bibliografia de suporte ou quem é o autor da metodologia em uso! Então não podemos inovar? Então não podemos criar, testar, comprovar e pôr a funcionar uma nova metodologia? Se alguém der valor ao estímulo à inovação, por favor coloque outras questões! Teremos todo o gosto em responder.

Não, não estou zangado! Gosto de desafios e de desafiar!

Na sua origem em latim, estímulo significa dor, ferida ou picada e agora usamos com o sentido de incentivo. Com estes conceitos em mente é fácil perceber a importância de ter pessoas que “piquem” os outros no sentido da inovação. Diria mesmo que o estímulo à inovação e a capacidade de inovar, no conjunto, são a mãe de todas as competências.

Ora façamos então uma reflexão sobre a importância da inovação: em fases de mudança, na definição de estratégias ou da visão, na forma de comunicar com impacto, na mobilização de uma equipa, no desenvolvimento de novas iniciativas, serviços ou produtos, na motivação dos outros, na adaptação ao progresso. O que sentiram em cada uma? É ou não é importante ser inovador e estimular os outros nessa vertente?

Na UpSideUp, como expus de início, a inovação está sempre presente e em cada ano que se segue não será diferente. Em qualquer das nossas áreas de atuação, seja comunicação visual, formação ou consultoria, por exemplo, temos inovado permanentemente e vamos continuar a fazê-lo. O nosso modelo de negócio é baseado na inovação. De que outra forma poderia ser?

Nada melhor do que vos dar exemplos:

– Todos os anos procuramos colaboradores (com ideias frescas);

– Com frequência criamos novas áreas de atuação (e abandonamos as menos promissoras);

– Produzimos todos os conteúdos formativos à medida de cada cliente (não é o mais lucrativo, nós sabemos…);

– Agarramos cada caso em consultoria como se fosse um problema nosso (e trazemos pessoas “estranhas” para as sessões de trabalho);

– Comunicamos de forma visual (cada ano de forma nova e melhor)…

E peço-vos desculpa de terminar assim, mas enquanto escrevia tive diversas ideias, que anotei e que tenho que por já em prática.

Até breve. Liguem-me… se quiserem inovar!

Daniel Lança Perdigão, Visual Improvement Agent, UpSideUp.pt

0 visualização

InnovationXperience

© 2011-2020 UpSideUp®, UpSquare® e UpStore®  são marcas e iniciativas UpSideUp.pt     |    SITE EM PERMANENTE ATUALIZAÇÃO