top of page
  • Foto do escritorDaniel Lança Perdigão

Pratos principais de liderança:inovar e rervir

Pensando no setor da restauração, a quem tenho dado formação por meio de uma parceria, lembrei-me de lançar um desafio à liderança:

- Como se destaca um líder num restaurante efervescente, onde cada serviço é um espetáculo e cada refeição uma crítica aguardando publicação?


Na gestão de um restaurante, o planeamento é a base, e a flexibilidade é o que permite navegar nas águas turbulentas de um serviço inesperado. Crie uma cultura centrada no cliente, onde cada prato servido é uma experiência memorável. Como líder, seja o motor da equipa, pois a sua paixão e energia são contagiantes e vitais.


Delegar é uma arte que requer confiança e a capacidade de capacitar os outros. Mantenha as comunicações claras e ouça ativamente, visto que é na escuta ativa que muitas vezes encontramos as respostas que procuramos. A formação contínua é um investimento no futuro do seu restaurante e na confiança da sua equipa.


Fomentar um espaço de feedback é fundamental para o crescimento. Adapte-se às individualidades da sua equipa, e vai ver que cada membro se torna um ingrediente ainda mais valioso no sucesso da sua unidade. Reconheça o ‘stress’ como uma oportunidade para desenvolver a resiliência e crescer.


Por fim, celebre cada sucesso. Cada vitória, por menor que seja, é um passo em direção à excelência.


E agora deixo 10 dicas para aqueles que lideram com a arte e com o coração:

  1. Abraçar o planeamento com flexibilidade: comece com um plano robusto, mas esteja pronto a adaptar-se, conforme as situações mudam. Lembre-se, os melhores planos de um líder devem evoluir com a realidade de cada serviço.

  2. Desenvolver uma cultura de serviço: incutir na sua equipa uma mentalidade centrada no cliente, garantindo que cada ação contribua para uma experiência de refeição superior.

  3. Liderar pelo exemplo: seja a locomotiva da sua equipa. A sua paixão e energia vão inspirar os outros e estabelecer um tom positivo que o seu pessoal quererá seguir.

  4. Delegar com inteligência: confie na sua equipa e delegue tarefas. Dê-lhes responsabilidades para se desenvolverem e tomar iniciativa, o que também lhe permite focar-se em estratégias de maior alcance.

  5. Comunicar claramente e escutar ativamente: seja um comunicador eficaz e um ouvinte atento. Um diálogo honesto constrói confiança e revela informações valiosas da sua equipa.

  6. Formar continuamente: invista em formação regular e diversificada para a sua equipa, encorajando versatilidade, assegurando que todos possam desempenhar várias funções com eficiência.

  7. Incentivar o feedback: cultive um ambiente onde o feedback flua em ambas as direções. Reconheça as conquistas e dê feedback construtivo, para promover a melhoria contínua.

  8. Compreender a sua equipa: adapte-se às necessidades únicas de cada membro da equipa. A atenção personalizada leva a uma força de trabalho mais empenhada e motivada.

  9. Criar um ambiente resistente ao ‘stress’: reconheça os sinais de ‘stress’ e aborde-os proativamente, transformando potenciais desafios em oportunidades para crescimento.

  10. Celebrar o sucesso: reconheça e celebre as conquistas da sua equipa, independentemente da sua dimensão. Isso não só aumenta o moral, como também reforça os comportamentos que conduziram ao sucesso.


Portanto, qual é a receita para uma liderança eficaz num restaurante?

- É a mistura perfeita de planeamento, paixão, e a habilidade de ouvir e de se adaptar e o segredo está em gerir com sabedoria e com um toque de inspiração.

Com estes ingredientes, não é apenas um apoio a quem serve as refeições, mas principalmente um legado de excelência que deixa!


Daniel Lança Perdigão

Consultor e Formador

Fundador e Sócio da UpSideUp.pt

Mr.MindMap@gmail.com

21 visualizações0 comentário

Коментарі


InnovationXperience

bottom of page